Filmes

Oscar 2018 | Conheça os indicados na categoria de Melhor Direção

Greta Gerwig e Jordan Peele são destaques
-
Divulgação
 - Divulgação

A 90ª edição do Oscar será realizada no próximo dia 4 de março, e o preparamos um especial explicando as categorias do prêmio. Agora vamos entender melhor sobre o prêmio de Melhor Direção.

MELHOR DIREÇÃO

O prêmio de Melhor Direção é entregue pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas desde a primeira edição do Oscar, em 1929. A categoria pode ter até cinco indicações e apenas 27 ganhadores do prêmio de Melhor Direção não conquistaram também a categoria de Melhor Filme. Este ano a categoria tem dois destaques importantes: Greta Gerwig é a quinta diretora mulher a ser indicada e Jordan Peele é apenas o quinto diretor negro a ser reconhecido.

 

Christopher Nolan - Dunkirk

Conhecido dos fãs da DC pela trilogia Batman: O Cavaleiro das Trevas, Christopher Nolan já tinha recebido cinco indicações ao Oscar, mas esta é sua primeira na categoria de Direção. Nolan começou sua carreira como diretor em 1989, com o curta Tarantella. Desde então já dirigiu 13 projetos no cinema, incluindo A Origem, Interestelar, além da já citada trilogia do Batman. Ao saber da indicação por Dunkirk, o diretor ficou feliz com o reconhecimento inédito e acrescentou: “É uma história poderosa, que mostra o poder único de uma história real e extraordinária”. O filme conta a história da Operação Dínamo, que resgatou mais de 300 mil homens da praia da cidade francesa de Dunquerque, durante a Segunda Guerra Mundial. Em um documentário de 30 minutos divulgado pela Warner - assista aqui, Nolan explica que decidiu filmar na própria praia de Dunquerque e quis destacar a juventude dos soldados presos no local.

Greta Gerwig - Lady Bird: A Hora de Voar

Antes de se tornar a quinta diretora mulher indicada ao Oscar, Greta Gerwig já era conhecida na indústria por seu trabalho como atriz e roteirista. Ela esteve, por exemplo, em filmes como Para Roma, Com Amor (2012); Frances Ha (2012), que escreveu e protagonizou; e no recente Mistress America. Já Lady Bird: A Hora de Voar é seu segundo projeto como diretora (ela também escreve o filme), depois de Nights and Weekends, de 2008. Com Saoirse Ronan no papel principal, o filme reconhecido pela Academia conta a história da jovem Christine “Lady Bird” MacPherson, que mora na pequena cidade de Sacramento, Califórnia, mas sonha com um mundo de aventuras e oportunidades longe dali. Em entrevista ao IndireWire, a diretora revelou que o projeto é um pouco autobiográfico, já que ela própria cresceu em Sacramento e estudou em uma escola católica, assim como a protagonista. “Nada no filme aconteceu literalmente na minha vida, mas há um núcleo de verdade que ressoa com o que eu sei. Eu realmente quis fazer um filme que fosse uma reflexão sobre o lar, o que lar significa e o como deixar seu lar te define. Senti que era uma carta de amor para Sacramento. Pensei: que forma melhor de fazer uma carta de amor do que através de uma pessoa que realmente queria sair dali, e depois percebe que ama o lugar?”.

Guillermo del Toro - A Forma da Água

Guillermo del Toro chega como um dos favoritos ao Oscar 2018, após vencer o BAFTA e o Globo de Ouro por  A Forma da Água. O diretor comandou seu primeiro curta, Doña Lupe, em 1986, e teve uma carreira diversa depois disso: passou pela TV com a série Hora Marcada e entrou no mundo dos games com P.T. Nos cinemas, fez vários projetos elogiados, como os dois filmes de Hellboy, estrelados por Ron Perlman; além de Círculo de Fogo e O Labirinto do Fauno, em que mostrou todo o seu talento para histórias fantásticas. Em entrevista ao Deadline, ele disse que pensava em filmar uma história de amor como A Forma da Água. desde os anos 90. Mas tudo só foi possível na época de Círculo de Fogo, quando Daniel Kraus, autor que trabalhava com ele em Trollhunters, falou sobre a ideia de uma faxineira que se apaixonava por uma criatura anfíbia mantida em segredo pelo governo. O diretor, então, comprou a ideia dele e começou a história.

Jordan Peele - Corra!

Outro concorrente conhecido por seu trabalho na frente das telas, Jordan Peele concorre como Melhor Direção em seu filme de estreia. Para quem não sabe, Peele fazia parte da dupla de comédia Key & Peele, ao lado de Keegan-Michael Key. Os dois estrelaram o programa entre 2012 e 2015, no Comedy Central. Já o filme indicado ao Oscar conta a história de Chris, um jovem negro que vai visitar a família de sua namorada Rose, que é branca. Falar mais do que isso pode estragar a experiência, mas basta saber que o filme usa situações absurdas para criticar o racismo - e a direção de Peele surpreendeu quem o conhecia apenas pela carreira na comédia. Entre seus projetos futuros, Jordan Peele vai produzir uma nova série de Além da Imaginação (The Twilight Zone) e não descarta uma sequência de Corra!.

Paul Thomas Anderson - Trama Fantasma

Correndo por fora da disputa de Melhor Direção está Paul Thomas Anderson com Trama Fantasma, que marca também a aposentadoria da atuação de Daniel Day-Lewis. Anderson tem uma carreira extensa na direção, desde curtas, até episódios do Saturday Night Live e videoclipes, como "Daydreaming", do Radiohead. Como diretor de longas de ficção, é conhecido por Vício Inerente (2014) e Sangue Negro, pelo qual foi indicado ao Oscar de direção em 2008. Trama Fantasma foca na história de Reynolds Woodcock (Day-Lewis), que cria vestidos para a alta realeza na década de 50 e tem uma vida cheia de relacionamentos. Isso muda quando ele conhece Alma (Vicky Krieps), que se torna sua amante e musa. Falando ao IndieWire, o diretor revelou que a produção do filme foi uma das mais difíceis de sua vida: as filmagens começaram no dia da posse de Donald Trump; Day-Lewis anunciou sua aposentadoria durante as filmagens e Jonathan Demme, mentor e amigo de Anderson, morreu no último dia de filmagens. “O mundo era bem diferente quando comecei a escrever essa história. Não facilita ver seu país em chamas, quando você está contando a história de um homem egomaníaco auto-consumado, mas essa era a situação em que estávamos”.

Oscar 2018 será apresentado novamente por Jimmy Kimmel, com cobertura completa do Omelete no site e nas redes sociais.

Leia mais sobre Oscar

Discuta aqui no site Discuta aqui

O Omelete disponibiliza este espaço para comentários e discussões dos temas apresentados no site. Por favor respeite e siga nossas regras para participar. Partilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas.

Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

blog comments powered by Disqus