Star Wars - Os Últimos Jedi
Filmes - Aventura, Fantasia
Star Wars - Os Últimos Jedi (2017)
(Star Wars - The Last Jedi)
  • País: EUA
  • Classificação: 12 anos
  • Estreia: 14 de Dezembro de 2017
  • Duração: 152 min.

Star Wars - Os Últimos Jedi | Crítica

Saga foge do trivial em filme ousado, e expande as possibilidades para o futuro

O segundo filme de uma trilogia é conhecido sempre como o mais obscuro e transformador. Os personagens apresentados no início se descobrem, o inimigo se fortalece e os primeiros passos para o encerramento são pavimentados. Star Wars: Os Últimos Jedi segue essa cartilha, mas o faz de maneira nunca vista na série. Heróis e vilões se confundem em uma história cheia de altos e baixos, mas que nunca perde de vista a missão principal: mostrar a jornada de seus protagonistas, Rey e Kylo Ren. Ao invés de seguir a premissa tradicional do bem e mal traçados como opostos, o longa mistura os conceitos não só na dupla principal, mas em boa parte do elenco - novos e antigos personagens. Essa combinação se amplia na narrativa e no ritmo do filme, o menos convencional de toda a franquia.

Rian Johnson, diretor e roteirista, não se apega a nada estabelecido pelo estilo de O Despertar da Força. A velocidade com que muda de núcleo, apresenta novos rostos e resgata as histórias da trilogia original em nada se assemelham ao trabalho de J.J. Abrams. E ao mesmo tempo que distorce expectativas, o cineasta tem a sensibilidade necessária para lidar com os personagens antigos sem torná-los fan services gratuitos. Ainda que se estenda em alguns momentos, Os Últimos Jedi respeita o lugar e a importância da série na mesma medida que entende a necessidade de evoluí-la. É a devoção sem receio, uma ousadia consciente. Uma combinação que mantém a série no papel de vanguarda estabelecido quando a saga Skywalker se iniciou em 1977 com George Lucas.

Assim como os outros capítulos da série, o humor atrapalhado dos robôs e a caricatura do totalitarismo estão bem presentes. Mesmo com o tom rubro-negro da fotografia e a pegada soturna da trilha sonora de John Williams, ainda existe o sentimento de aventura espalhado pelo filme. O que fortalece essa impressão são as criaturas espalhadas pela galáxia, a falta de vergonha em fazer piadas no meio da tensão é a realização de que Star Wars possui uma identidade marcada também pela comédia. Ao mesmo tempo, somente O Império Contra-Ataca tem reviravoltas e momentos dramáticos como Os Últimos Jedi. A forma como Jonhson apresenta essas mudanças é construída por uma câmera acelerada, diálogos rápidos e dois atores totalmente entregues aos personagens. A inocência de Rey se esvai aos poucos dos olhos de Daisy Ridley, enquanto a fúria de Kylo cresce gradativamente no rosto de Adam Driver.

O confronto militar da guerra no espaço é onde o elenco de apoio se destaca. O roteiro reúne quase todos os personagens em um só núcleo, mas os faz passar por missões diferentes para salvar a Resistência. Nesses momentos, a divisão da atenção prejudica a condução do segundo ato, que foca a ação em Finn, Poe e Rose. Há tempo de tela suficiente para todos os personagens se apresentarem, mostrarem suas motivações, mas pouco se fala sobre a situação da galáxia - é como se existisse somente uma dúzia de pessoas preocupadas ou prejudicadas com os feitos da Primeira Ordem. Assim como O Despertar da Força, Os Últimos Jedi se importa muito mais com seus personagens do que com o contexto no qual eles estão inseridos.

O texto de Johnson se preocupa em explicar de verdade apenas a ligação entre Rey, Luke e Kylo Ren. Esse trio é a essência do filme, que transforma Luke em um tipo de herói pouco convencional: relutante, sábio, excêntrico, imponente. As definições para o personages são inúmeras, todas semelhantes a outros jedi, mas no fim das contas o Mestre Skywalker é diferente de tudo mostrado na franquia. Leia segue a direção oposta, com um retrato mais comum, mas tão importante quanto. Ambos são o traço de sensibilidade de Os Últimos Jedi, que não trata a nostalgia como um enfeite de roteiro, mas uma adição à nova fase dos personagens antigos. As lembranças aqui são usadas como transformação e fazem parte da história de todos. É louvável a forma como o filme faz homenagens e entrega tudo o que o fã espera. Por vezes sutil, por vezes explosiva, mas sempre emocionante.

Com o caminho seguro pavimentado por O Despertar da Força, a expectativa geral era de uma continuação que firmasse as bases tradicionais da série. Rebelião contra Império, luz contra escuridão. As corajosas decisões de Rian Johnson, porém, renovam a série. A estrutura do filme não segue nenhum conceito estabelecido e prefere ludibriar o espectador, provocar questionamentos e deixar as definições para depois. As estrelas de Star Wars sempre foram os personagens e Os Últimos Jedi os transforma sem perder o encanto. É uma forma diferente de ver heróis e vilões. E apesar de ser o segundo filme da trilogia, o longa parece o início de uma nova e ótima fase para a franquia.

Nota do crítico (Excelente) críticas de Filmes
 

Assistindo o bluray essa semana, confirmo o que vi no cinema... Filme totalmente fora do quadrado pra star wars!! A disney conseguiu destruir o que de melhor George Lucas fez nos prequels, que foi mistificar os jedis, os siths e a força!! Chega a ser absurdo existir um sith tão forte como Snoke e morrer como morreu!! E a Rey autodidata? Que isso, tenha paciência!! Não é palatavel (depois de 6 filnes de star wars) existir umapessoa tão forte na força quanto ela sem ao menos treinar, sem contar a lição de moral que ela dá no Luke skywalker!! E o mesmo disco continua... "Rebeldes fugindo de um imperio super poderoso, cujo capanga é um homem vestido de preto"... Tá na hora do disco virar!!

sinceramente star wars morreu a muito tempo, essa recriação dos antigos filmes não pássa de um star trek modificado com elementos do star wars antigo, é divertido e dá para assistir porem é lonje do que ja foi o star wars da lucas filmes com a história e narrativa

não sou fanboy de SW, mas todos os filmes da saga me divertiram muito, e esse não foi diferente! O filme é bom, os personagens também. os caras ai já assistem filmes procurando defeitos! tentem assistir um filme pra se divertir, não pra falar mal, ate porque todo mundo aqui vai assistir de novo!

E a verdade vai aparecendo. https://www.youtube.com/watch?v=9Xnt9IOthoI

Deviam tirar de vez a postagem de comentários. Apagam tudo e demoram pra sempre pra aprovar qualquer coisa que não vomite arcos-iris babando o ovo do site.

É muito pior.

Que filme horroroso! Star Wars morreu. Não volto mais no cinema.

Voltei um ano depois só pra falar que o filme é uma bosta. Abraço.

O filme é péssimo.

O user score do Rotten Tomatoes e todas as falhas de roteiro dessa droga mandaram um abraço.

O mundo acaba e meu comentário não é aprovado. Acorda, Omelete.

O plot principal do filme NÃO SE SUSTENTA!! Como você justifica uma armada de naves com propulsão FTL não voarem cada um pro seu canto, indo pra espaço controlado pela República e deixar a Primeira Ordem sem ter o que fazer. O Hux ia perseguir 30 alvos diferentes em 30 posições diferentes dentro de território da República a troco de quê? O filme todo tem plot holes grandes o bastante pra passar a Death Star 2 por eles. Para com isso Omelete, para com isso.

o Filme merece 3 ovos - A pior parte do Filme é a cena da Ilha !! - Rey teve quase nada de treinamento na ilha, sentou lá na pedra e só !! Diante de um Mestre como Luke ela aprendeu nada na Ilha, falava mais com o Kylo Ren que o proprio Luke. - Kylo Ren é o pior vilão da Saga Stars Wars, um bobão que vive da Sombra de Darth Vader. - O Vilão Snoke morre sem 1 luta decente, uma droga. - O personagen do Decodificador é uma cópia do caçador de recompensa . - A Parte da Leia, porque não colocala naquela cena de sacrificar com a nave em vez da vice, vão matar ela no proximo filme, pra que?? Se tivesse que resumir The Last Jedi, diria que é um filme confuso, mal pensado e com um desenvolvimento aquém das expectativas. Há de facto algumas coisas que se aproveitam, mas ficam perdidas no meio de uma narrativa acidentada.

Quando lançaram a segunda trilogia nos anos 2000 tbm houveram críticas,comparações com a primeira trilogia, e não sei se o roteiro de toda história já tinha sido escrita lá na década de 70,(a ideia de contar o começo de tudo tinha né)mas e o roteiro?Pq depois de 30 anos tudo muda,evolui,então talvez pensaram q devessem evoluir o filme tbm e acrescentar coisas q muitos acham absurdos!Talvez quisessem atrair mais do q só o público fã da primeira trilogia! Quando fazem um filme os envolvidos,no final,querem mesmo vender,lucrar com o filme,e por isso acabamos achando tantas coisas desnecessárias no enredo! Se nós que somos telespectadores conseguimos ver tanta coisa sem sentido,imagina os roteiristas,diretor... Concordo com o fato de q,se a Disney por a mão,vai estragar!Mas o George Lucas vendeu ué,a maior criação dele!Acredito q já era de se esperar assim q saiu essa notícia. Ainda assim,mesmo vendo e concordando com algumas críticas ruins,sou obrigado a dizer uma coisa...O filme me prendeu,teve ação,dialogos interessantes,acho q fluiu bem até,(mas faltou um pouco mais de luta com o sabre de luz)...Espero ver o último capítulo e depois assistir na ordem cronológica pra ver como fica a história!

hahahaha tô rindo sincero.

Marcio, desculpe, mas no SW7 a Rey, sem nunca ter visto um mestre Jedi, luta de igual pra igual com o Kylo, treinado desde criança e que começou o filme parando um tiro no ar. E olha que os feitos do próprio Kylo Ren são mais fodões do que qualquer um do Darth Vader ou Mestre Yoda (!). A Rey não tá simplesmente manifestando a força. Ela tá sendo uma "ninja" da força. Uma ninja que nunca foi padawan de nada, seja na infância (como deveria ter sido), seja na fase adulta. Já o Anakin no SW1, mesmo sendo aquele que se tornará o grande personagem da saga, está apenas "intuindo" naquela corrida. E seus competidores são personagens normais, sem nada de especial. Não procede essa defesa da Rey. Eles erraram a mão feio mesmo (e continuam errando).

Assisti atrasado a esse filme. Acho que isso me dá uma certa isenção de comentar sem aquela comoção / polarização inicial. Filme legal. Mas 5 estrelas, na minha opinião, é uma clara superestimação. Dou 3. Entrega um bom divertimento, e só. Zero vontade de assistir de novo. Da mesma forma que tem ideias excelentes, também tem muita coisa cagada. Aliás, como qualquer filme. Tem fatos ali que eu saí me perguntando "qual foi o ponto disso? Em que isso acrescenta ao enredo? Foi só pra chocar expectativas?" Sem falar que não só os Jedi estão perdendo o controle da Força, mas também os próprios roteiristas. O que já estava exagerado no SWVII piorou no SWVIII. A Força virou solução fácil para qualquer problema. O que futuramente vira um problema difícil para qualquer solução. É o problema dos personagens excessivamente fodões (e tem pelo menos 4 nesse filme). Se eles podem tudo e qualquer coisa, qual é a motivação? E, se são tão fodões assim, porque não apresentaram soluções semelhantes para problemas semelhantes? Parece aquele falso dilema apresentado no Caçador de Pipas, em que o personagem que chora diamantes mata a mulher amada pra ficar rico, em vez de descascar cebolas.

Melhor crítica até agora Andre, foi no alvo

Seria interessante se o Luke não tivesse morrido, e no episódio 9 ele poderia aderir ao lado Negro da Força entrando naquele Buraco Sombrio da Ilha. E como ele tem o sangue de um Jedi, ele poderia equilibrar a Força em Toda a sua Plenitude e derrotar Ben Solo após Ben Solo matar a Rey.

acabei de assistir, foi o primeiro filme da série que NÃO ASSISTI NO CINEMA. Mas, enfim... tem elementos engraçados , curiosos... Eles citarem "semanas" e "horas"... esses conceitos são muito da Terra... ok , uma civilização "há muito tempo numa galaxia muito distante" e tal PODERIA também usar tais conceitos mas o que seria 'uma semana' ou '1 hora' ?? seria interessante discutir isso . E outra... no "hiperespaço" , ou seja lá o nome que dão, citam a velocidade da luz. Ok, que seja uma grandez universal. Mas com isso vejo que a tecnologia de STAR WARS é BEM INFERIOR a de STAR TREK, por exemplo... não há teletranporte e as velocidades são BEEEEEEEEM MAIS LENTAS... veja, essas naves levariam 8 minutos do sol até aqui, a Terra. Levariam 4 minutos e meio daqui até Marte, etc etc... E isso no hiperespaço deles, que consome MUITA energia, como se vê no filme... é estranho porque... sabemos que a próxima estrela está a 4 anos e meio luz de distancia da nossa... significa que as naves de STAR WARS teriam que passar esse LOOOOOOONGO tempo a essa velocidade para "apenas" ir à próxima estrela... como parece que são coisas de minutos ou poucas horas sempre (2, 3, 4 horas se tanto) nos percursos da saga, OU a galaxia de STAR WARS tem estrelas esbarrando uma nas outras (mas não muito luminosas, já que a luz é sempre equilvalente à que temos na Terra) ou na verdade eles vive MILÊNIOS e quando falam em semanas estão se referindo a décadas e por aí vai (e os produtores, para não nos confundir, jamais citaram isso, mas cada personagem ali já tem alguns milhares de anos.......)

Concordo!

concordo com vc, tiraram muita da cultura que foi criada nos primeiros capítulos, fora que descaracterização acabou com o filme e com clima futurista da serie , fora que a serie é morta e sem emoção , sem aventura e com personagem sem carisma nenhum (não estou reclamando dos atores e sim dos personagens só pra deixar claro.)vilões sem determinação e chorões , fora as cenas de kamikaze inclusive com um ator japonês que eu achei no minimo ridícula e desnecessária.

Outra crítica sobre o filme: https://cinematographecinemafilmes.wordpress.com/2017/12/18/star-wars-os-ultimos-jedi-2017/

Não importa a idade e e 17

vc tem qtos anos? 12 ?

os 2

karamba. vc realmente precisa ver mais filmes então.

Estou imaginando aqui rsrs... voce já deve ter sonhado com um sabre de luz nas mãos kkk

Eu, quando fui assistir o SW7 já tinha essa certeza de não pisar mais no cinema pra assistir SW. Os jedis foram extintos quando a Disney comprou a LucasFilm... E agora, todo jeito é dado para retomada dos jedis... e não importa se é filho de um rei ou nascido na sarjeta, pois a "força" é capaz de tornar até o Mickey em um jedi, ou mesmo o pateta. SW(filme) acabou no 6º. Aceitar é mais fácil.. Elvis teve seu tempo... Michael Jackson tb... mas eles já passaram. A Disney acabou SW.

star war acabou nesse filme. uma perseguição no estilo do filme BULK, uma cenografia exessivamente retro a ponto de ter transmissão de radio em plena velocidade da luz, um vilão extremamente poderoso que morre da maneira mais estupida nunca vista, o cara que deveria ser o protagonista vai de um lado pra outro sem nenhum sentido na trama, que alias, não tem sentido desde o ep VII.

Filme horroroso! Destruiram Star Wars...

Já foi mostrado em Guerra dos Clones, que Jedi não é imune ao vácuo. O filme desconstruiu personagens e elementos da franquia, e vocês não percebem que os fãs não querem esse caminho nos filmes, é simples. E não há como esconder, o filme teve falhas grotescas, e personagens deslocados como Fiin, que deve um desenvolvimento bom no primeiro filme, e estava sem o que fazer no segundo, sendo forçado em um mini-arco com uma japa onde seus feitos não traria nenhum impacto pra rebelião, apenas pra si mesmo ao tomarem no rabo sob as mãos do império. Nem o ator curtiu o filme, o cara viveu e vive star wars, então meio que se tu fala que o filme é bom, sua verdade é simplesmente inconsistente.

Melhor experiência da minha vida nos cinemas!

Mauro, pelo amor de Deus.... seja menas

Achei super foda essa porra 😎😂

Simplesmente a melhor experiencia da minha vida. Sei que teve problemas, mas eu me emocionei muito com o filme! Hoje o pessoal gosta de ir ao cinema criticar. provavelmente vê 3 ou 4 vezes o trailer pra saber tudo antes e ter mais base para criticar. Nada contra, mas acho que dessa vez foi longe demais. Só curtam, poxa, o que teve de tao ruim assim nesse filme? eu queria pe que continuasse o filme por mais 3h e msm assim me emocionaria. E sim, eu vi os erros e nem me importei. E outra, sou novo, tenho 22 anos. Não cresci vendo Star Wars mas sei muito bem o tanto que a franquia é importante pois tb nao sou de todo leigo. Enfim, acho que sou um cara neutro vendo a um filme mas sabendo o quanto aquele filme representa a cultura pop. Por isso acho que consegui aproveitar tanto.

O filme é uma vergonha.

Entendo seus pontos. Concordamos que fizeram M com o Luke. Sobre a Rey ser autodidata neste nível que ela apresenta, acho um pouco fora de escala em respeito aos já estabelecidos Jedi. Ter espasmos da força, acho que os momentos de sentimentos extremos podem ser uma janela para talvez, mas convenhamos que o domínio imediato de algo desconhecido foi forçado. Disney têm problemas com histórias complexas de desenvolvimento em filmes, tudo é empurrado goela a baixo, e em Star Wars isso não cola. Tem que ter uma explicação que cause fascínio. Erram em fazer dos filmes introduções para vender livros. Filmes são o principal e os livros, side quest. Esses roteiros preguiçosos nos filmes pode agradar alguns ou até milhares mas acho um erro. Não acho o Kylo Ren um vilão digno de Star Wars. Acho-o raso, até neste fascínio pelo Darth Vader. Não mostram suas expedições em busca de artefatos Jedi, por preguiça, nem fizeram isso pelo Elmo do Darth Vader. Ezra é bem mais plausível em desenvolvimento.

Kkkkkkk chora em seus devaneios

Antigamente as pessoas viam os filmes para se divertir, hoje com a geração mimimi, só querem apontar os erros e gerarem discussões ridículas na internet. Esse foi um dos melhores filmes que vi em muitos ano e saí do cinema super satisfeito e não me importo com a opinião dos outros, falem o que quiserem.

Eu entendo o pq vcs odiaram o Luke, e não vou falar q tao errados. Eu mesmo preferia q tivessem feito outro caminho. Eu entendo vcs falando "como o Luke q viu esperança no pai e salvou ele tentou matar o sobrinho por medo no primeiro impulso??" Mas 40 anos se passam, as pessoas mudam. Ficam arrogantes, se acomodam, n sabem mais como agir frente e adversidades, enfim...sem contar o histórico de sedução pelo lado negro na família hehe. Sabe aquele dialogo do "viver o suficiente pra morrer um vilão"? Pra mim n existe nada de ilógico e nem furado no que fizeram com o Luke. Sim, ele n eh o Luke da trilogia original, mas n e como se tivessem se passado dois dias de la pra cá.

Agora no IMDB tá 7.5 Filmow tá 4.2 KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

E só pra constar, as notas em todos os sites continuam abaixando.

E des de quando isso é sinônimo de qualidade? Funk foi a música mais ouvida em quase 5 anos seguidos e a mais adorada pelo povo brasileiro, vai falar que funk é bom? Kkkk Eu também daria nota 10 pro filme na hora que saí do cinema, mas isso se chama hype, depois de uns 2 ou 3 dias comecei a ver que o filme tava longe de ser nota 10 na minha concepção. Enfim, só idiotas usam isso como argumento.

Em termos de atuação foi o melhor, mas como personagem não.Você não deve entender nada sobre desenvolvimento de personagens mitologicamente falando.

Agora tá 49 kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Esse filme não é Star Wars.

Sim, concordo achei uma droga tmb.....minha critica tmb esta ai para tds verem.

Vi o filme na maior expectativa de sentir a áurea da primeira trilogia iniciada nos anos 70....e me decepcionei bastante. Luke esta canastrão demais. Se trata de um mestre angustiado, atormentado pelo passado e denso demais para o meu gosto....na verdade ele é quase um coadjuvante dos acontecimentos. Desta vez, ao contrario dos outros episódios, Luke é apenas levado e não um condutor dos fatos, como vimos la no inicio. Não senti "química" suficiente entre nenhum dos personagem apresentados. Parece que estavam na trama indo de um lado para o outro o tempo todo, mas nenhum transmitiu um carisma natural. Nem msm a princesa Leia se salvou......inclusive ela está soturna e distante. Eis aí um autentico caça-niqueis da Disney, querendo lucrar em cima de uma saga que deveria ser respeitada, mas que pra mim não foi. Sou dos anos 70 e me lembro qd o primeiro filme estreou em 77......algo inesquecível. Não precisaram mostrar sangue ou o excesso de efeitos especiais como é hj em dia. Naquele tempo os efeitos eram apenas um detalhe que servia para abrilhantar o conflito familiar (entre Vader, Luke e leia). Muita coisa foi mudando com o passar dos anos. Uma pena que George Lucas tenha se vendido por tão pouco (4 bilhões)....e agora nessa nova empresa (Disney).....so resta lamentar o que estão fazendo e ainda farão com a trama intergalacitica mais famosa dos cinemas. Não gostei de ver os personagens que me acostumei ha tanto tempo, apresentados de um modo tão caricato e sem sabor. Não recomendarei a ninguém.

Outra crítica sobre o filme: https://cinematographecinemafilmes.wordpress.com/2017/12/18/star-wars-os-ultimos-jedi-2017/

Uma pergunta pra quem não gostou o filme é ruim ou não é o que você quer ou acha que é star Wars ?

Não intendo como podem falar mal dessa obra de arte

Parabéns pela sua crítica pegou em cheio os mesmos pontos que NÃO GOSTEI! Nem quero mais assistir ao próximo.

Olá, Megan, Entendo seu posicionamento e acho correto. Mas só para deixar registrado alguns pontos do que não gostei...... Quando você já tem uma saga que possui 06 filmes, e muitos derivados (desenhos, jogos, histórias em quadrinhos, livros e etc) NÃO É PERMITIDO mexer com a lógica das coisas já pré-definidas. Então vamos a alguns exemplos: - Todo Jedi ou Sith tem de passar por treinamento (nem vou discutir aqui o tempo necessário, mas tem de ter um tempo mínimo). Nossa querida Ray já nasceu sabendo tudo.. .. desde controlar mentes, lutar com o Sabre de Luz e Levitar objetos. Não é coerente com a lógica da Saga. - Luke Skywalker consegue enfrentar o maior desafio do Lado Negro e resiste ao PAI e consegue trazer um novo equilíbrio ao Universo... depois de muitos anos... mais treinamento e mais sabedoria e experiência e resolve "Matar" seu sobrinho, dormindo e pelas costas como disse @disqus_4FTIJU4XQn:disqus , - Um Vilão tão poderoso que todo poder da Ray nem faz nada nele, ele faz todo uma intriga mental entre Ray e Kylo e controla o pensamento de Kylo (como ele mesmo diz) e nem enxerga que vai ser acertado pelo sabre ao seu lado...... Forçou demais a barra, Enfim, existem muitos pontos que são contraditórios com toda saga que até então, existe. Por isso, NÃO GOSTEI MESMO!!!! Apenas como filme e sem considerar o histórico dos Personagens e da Saga até gostei... mas ainda assim falta conteúdo e amarração no Roteiro!

1° fato: Geral gosta de reclamar mesmo, isso é inevitável, o povo reclama de bucho cheio. 2° fato: Pode sair trezentos filmes de Star Wars que trezentas vezes esses mesmos que detonam a obra vão estar lá para assistir. 3° fato: O que é único, é único e pronto e acabou. O que se pode fazer é sempre buscar algo o mais próximo possível da obra prima. Ficar falando de star Wars v é isso e aquilo, foi isso e aquilo.... Isso a maior perca de tempo. Deixem os caras trabalharem. É claro que os caras querem ganhar grana, mas tbm é fato que existe toda uma equipe de proficionais comprometida em fazer a coisa valer a pena. Eu queria a continuação da saga, ela veio e no geral eu gostei.

não era mestre apenas pelo fato de não ter discípulo, pois essa é a única diferença entre um cavaleiro jedi e um mestre jedi

Gostei do filme, principalmente a transição entre o novo e o velho e o discurso sobre o fracasso. Coloquei aqui cinco fatores do filme que ele me ganhou: http://luiztonon.blogspot.com.br/2018/01/star-wars-novos-tempos-e-o-fracasso.html

Exato Allan. daqui a algum tempo (mesmo que leve anos) que irão realmente dizer o que pensam do filme. No vídeo do verdito você fica com clara impressão que o Borgo ta meio que se segurando pra dizer o que pensa, mas fica se reprimindo e concordando com o que o pessoal ta falando. A Natalia até chorou de emoção com o filme. Difícil acreditar que isso seja verdadeiro. Essa galera que trabalha com entretenimento faz de tudo mesmo. Esse vídeo que fizeram sobre os erros do filme me parece que foi feito pois grande parte do público não gostou do filme, dando margem para eles falarem um pouco o que pensaram de verdade (mas só um pouquinho hein!)

Pior depois de um tempinho dessa nota são eles fazendo um video de várias coisas ruins do filme. Se o filme tem tanta coisa ruim como ele pode receber nota máxima na critica?

Dar 5 ovos para esse filme é ofender a minha inteligência. O filme tem seus pontos positivos, porém muitos pontos negativos para ser avaliado com 5 ovos. Crítica parece ser comprada. Acompanho o site há anos. Me decepcionei com a equipe em relação a todo material relacionado a este filme. Na minha opinião Star Wars Os Últimos Jedi não pode ter a mesma quantidade de Ovos de Batman O Cavaleira das Trevas por exemplo. Sinceramente, desconfio que o site esteja colocando os interesses comercias a frente da sua imparcialidade, diminuindo assim a sua credibilidade. Como fã do trabalho do Omelete a vários anos estou realmente decepcionado.

Dar 5 ovos para esse filme é ofender a minha inteligência. O filme tem seus pontos positivos, porém muitos pontos negativos para ser avaliado com 5 ovos. Crítica parece ser comprada. Acompanho o site há anos. Me decepcionei com a equipe em relação a todo material relacionado a este filme. Na minha opinião Star Wars Os Últimos Jedi não pode ter a mesma quantidade de Ovos de Batman O Cavaleira das Trevas por exemplo. Sinceramente, desconfio que o site esteja colocando os interesses comercias a frente da sua imparcialidade, diminuindo assim a sua credibilidade. Como fã do trabalho do Omelete a vários anos estou realmente decepcionado.

O pior filme de todos os tempos! Acabaram com Star Wars. Parece uma paródia! Acabaram com Luke! Não volto mais ao cinema pra ver essa porcaria! 301

Sim ele é um cavaleiro jedi, um mestre nada mais é que um cavaleiro que tem ou já teve um aprendiz(padawan) e no momento el não tinha padawan

Excelente???? Pelo amor de Deus!! Acabaram com o Luke Skywalker!! Ele está um bundão no filme, o próprio Mark Hammil disse que esse não é o Luke Skywalker dele, como pode o principal personagem da saga original ficar o tempo todo fugindo da guerra igual um chorão??? Um absurdo essa critica, vc nao deve nunca nem ter assistido a saga completa e nao deve entender nada sobre o universo, essa critica é tão fraca quanto o que fizeram com o Luke... decepcionante...

Realmente ela não era mestre, pois um mestre jedi nada mais é que um cavaleiro jedi que possui um padawan.

Só tenho duas coisas a questionar: Sobre o Luke ser um mestre no EP VI, em qual trecho do filme ou livro/HQ do cânone isso é afirmado de fato? Quando ele se apresenta ao Jabba ele diz que é uma Cavaleiro Jedi, não um meste. Sobre o imperador não ter tido uma explicação para sua origem justificar a situação do Snoke, naquela época SW não tinha o mesmo tamanho que hoje, e nem essa questão é o problema, e sim a forma como foi construído o desfecho do personagem... já tratei disso em outros posts...

Futil? a presença do Luke e do Yoda é futil? enfim..

Outra crítica sobre o filme: https://cinematographecinemafilmes.wordpress.com/2017/12/18/star-wars-os-ultimos-jedi-2017/

Realmente o filme demonstra o objetivo da Disney em promover tão somente um filme de ação, desvinculando de toda a narrativa construida pelo George Lucas quando concebeu as 3 trilogias. A busca por mercados ainda pouco explorados como China tende a fazer um segmento menos denso e mais infantilizado. Eu, que assisti o episódio IV com a idade de 9 anos, absorvi desde o início aquela magia, o que entendo que a Disney está tentando fazer agora com outras gerações. No entanto, a essência se perdeu da estória. As tramas desenvolvidas nos episódios II, III e V são incomparáveis em relação aos roteiros aplicados aos novos filmes. Vale ainda destacar o excepcional filme Rogue One, que mostra o propósito dos Rebeldes, captando o lado humano da entrega completa pela defesa de um ideal. Para mim, um dos melhores, se não for o melhor dos filmes.

mimimi, de fanboy o filme é um tapa na cara de tudo que a força ensinou ate hoje, contradições enorme e fracasso de qualidade por quem assistiu este filme.

Só estudar um pouco do canon que varios desses mimimis são resolvidos, Luke já era um mestre jedi no episodio VI, ele guardou os livros pra preservar a cultura jedi(ele poderia ter lido?Claro, era necessário? Não porque o objetivo dele era se afastar da força(ele disse isso no filme) depois do acidente com Kylo. O ponto negativo aqui pra mim é ele Luke ficar anos de mimimi pq quase caiu na tentação do lado negro da força. Rey manifestar a força sem treino: Tem mais de 4 referências desse mesmo fenômeno em outros jedis, Ex: Anakin(10 anos de idade) na corrida Podrace. 2-em Star Wars Rebels, Season 1 Episode 1 (Droids in Distress), Ezra usa Force push em Kallus para salvar Zeb sem ter tipo treinamento prévio. A primeira coisa que Kanan diz a Ezra depois disso:: Kanan: Seu treino começa amanhã 3- Em The Clone Wars episodio Children of the Force, tem crianças encontradas pelos jedis levitando brinquedos sem nenhum treino. Snoke sem historia prévia ou explicação: E o Imperador tinha isso no Episode IV, V ou VI?? Não, só depois de 20 anos é que ele ganhou alguma história

Eu me arrependo de ter visto esse filme. O Despertar da Força já tinha dado uma patinada e esse estragou tudo. Para mim o Último filme foi O Retorno do Jeito.

Muito bom seu comentário!! Eu também pensei a mesma coisa quando estava no cinema.

Esta crítica está no mesmo nível do filme. Infantilizada.

Acabaram com a saga Star Wars. Não tem crítica que mude isso.

Felipe, não deixe o ódio te dominar. Resista ao lado negro da força. Ele está buscando te confundir. Sinta a força e perceba a verdade sobre o filme.

Assisti hoje. O filme é excelente. Desde a trilogia original que um episódio de Star Wars não me empolgava tanto. Ansioso pelo IX.

Melhor crítica que eu li. Muito boa!

Esse foi o pior filme da série. O anterior já tinha patinado. Mas esse estragou tudo

E de arrepiar. Foi o filme do ano, que mais emociona.

Sensacional! Antológico! A cena é de tirar o fôlego.

Exato, morderam a isca!

Eita que os fãs arrumaram outro visionário para a todos governar e na escuridão aprisioná-los!

fã de verdade é fã desde 1978 ce começou quando heim fanboy ?

Filme vendido pra agradar a Disney e vender bonecos depois! Roteiro pífio! Essência de Star Wars totalmente corrompida. Mesma coisa fizeram com Star Trek nos novos filmes e série: cadê a ESSÊNCIA???

Eu pensei que o pior filme da saga era "Ameaça Fantasma", entretanto, depois deste episódio, concluí que (dependendo de quem seja o roteirista e diretor ) tudo pode ser pior. Decepcionante. Depois fui assistir " O império contra ataca" para limpar minha mente.

Lembro da cena q vc está citando vou dar uma conferida sim e te falo. Abs.

Ernesto não me lembro, sinceramente, de cometários sobre a técnica na trilogia original. Mas ela é abordada no episódio I, Ameaça Fantasma. Inclusive da a entender q o Qui-Gon Jin utilizou antes de "morrer" na luta contra o Darth Maul. Como posso estar falando besteira, depois dê uma conferida (se for do seu interesse, lógico). May the Force be with You!

Em todos os episodios nenhuma tecnica foi citada. Ben atingido pelo Dart Vader, Yoda com 800 anos estava fraco e doente. Gosto do filme, tenho copiado até o VI. Apenas o filme foi incoerente sendo pior que o primeiro.

A comandante do cabelo roxo não conta seu plano para Dameron, o que motiva Finn e a japinha em toda aquela parte inútil do filme. Finn e japinha estacionam numa praia irregular do planeta cassino, atrasando sua busca pelo decodificador, o que gera a matança de mais de metade dos rebeldes. Mas Finn e japinha, afinal, fazem a boa ação de libertar os animais de corrida maltratados no planeta cassino. O planeta ficará sem corridas por um ou dois dias, talvez, até que os animais sejam recapturados. Leia descobre superpoderes, como sobreviver no vácuo do espaço e sair voando como superman. Ninguém sabe quem diabos era o chefão do mal superpoderoso, e nunca ficará sabendo, dada a morte ridícula dele. Phasma morre após três minutos de atuação no filme (grana fácil), apenas para dar a Finn algo que fazer. A única "luta" de sabres de luz do filme foi contra figurantes do cenário do trono do mestre do mal. Esta nova saga está fraca, sendo o filme 8 um horror.

Se vc chama aquela técnica de morrer, ok

Perfeito.

Dependendo da otica realmente vai existir diferencas de opiniôes agora o contesto da historia foi toda destruido em relacao aos 6 primeiros e até o Roge One foi coerente ao 6 primeiros filmes historia foi excelente !! Agora claro que todos os fllmes foram bem produzidos.

O aprendiz Kylo coloca o Luke para correr. Luke comeca a ensinar a menina que o derruba num combate. O vilao Kylo que eh o fraco consegue eliminar o mestre do mal super podedoso. No final Luke morre pois sua imagem foi atingida sendo que tiros nao o mataram. E numa luta holografica do Luke vs Kylo, uma copia da cena de Matriz quando Oneil se abaixa se desviando das balas. O VII foi pessimo mas este filme conseguiu ser muito muito pior !!!

Luke morre assim como o Ben e o Yoda. Eh oque o filme mostra.

Luke morre assim como o Ben e o Yoda.

Não se esqueça que as naves demoraram uns 5 minutos para se aproximar dos AT-AT, mas o Finn arrastou a "japinha" em frente ao exercito inimigo, mais rápido que as estas naves heheheheheheheheheh.

Exato.

Até agora não vi nenhum comentário de ninguém do Omelete sobre Luke Skywalker pensar em matar um pupilo, seu sobrinho, adolescente, dormindo, desarmado, de costas!!!! 😱😱😱😱

Luke morre?

Discuta aqui no site Discuta aqui

O Omelete disponibiliza este espaço para comentários e discussões dos temas apresentados no site. Por favor respeite e siga nossas regras para participar. Partilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas.

Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

blog comments powered by Disqus