Gotham
Séries e TV - Drama, Crime, Suspense
Gotham (2014)
(Gotham)
  • País: EUA
  • Classificação: livre
  • Estreia: 22 de Setembro de 2014
  • Duração: 47 min.

Gotham - 3ª Temporada | Crítica

Série abraça o lado bizarro do universo do Homem-Morcego e finalmente dá voz aos seus acertos visuais

Na nova era dos super-heróis na TV, Gotham se destaca pela personalidade do seu universo pré Homem-Morcego. Em uma mistura de referências que passam pelo gótico, punk e brega, com acenos a Frank Miller, Tim Burton, Scott Snyder/Greg Capullo, entre outros, a série sempre teve assinatura estética em meio a tantas ofertas vindas dos quadrinhos. Faltava dar a essa estrutura uma narrativa à altura, o que a terceira temporada começou a fazer.

O segundo ano já havia acertado ao dividir os obrigatórios 22 episódios da TV aberta em duas mini temporadas. A fórmula se repetiu no ano três, que usou a loucura do Chapeleiro (Benedict Samuel) e o sangue “envenenado” da sua irmã Alice (Naian González Norvind) como gancho principal para desenvolver todos os personagens, dos mocinhos aos vilões. Gordon (Ben McKenzie) continuou onipresente, mas a trama foi descentralizada, o que deu mais consistência para Pinguim (Robin Lord Taylor) e Charada (Cory Michael Smith), cujo relacionamento foi um dos pontos altos da temporada, além de Bruce Wayne (David Mazouz), Alfred (Sean Pertwee), Selina (Camren Bicondova) e Cia.

O “crescimento” de Hera Venenosa (trocando a jovem Clare Foley pela voluptuosa Maggie Geha) beneficiou a vilã, que ganhou espaço na trama e rendeu uma boa parceria com Pinguim. Com Ivy Pepper a série também dispensou qualquer amarra com a lógica, abraçando sem vergonha as regras dos quadrinhos: ninguém realmente está morto. Ivy é capaz de curar ferimentos de bala e comas profundos com a combinação certa de plantas, enquanto Hugo Strange (BD Wong) continuou a ressuscitar os mortos e dar vida a criaturas fantásticas. Recursos que permitiram a volta de Jerome (Cameron Monaghan), desperdiçado na segunda temporada e resgatado para o posto que o carisma de Monaghan tomou para si. Coringa ainda não foi batizado na série, mas já mostrou seu poder de destruição e demência, com direito a uma referência direta à versão “descarada” de Snyder/Capullo para o vilão.

A dupla dos quadrinhos também serviu de inspiração para o arco da Corte das Corujas. Gotham é uma cidade de muitas conspirações e o grupo ampliou essa mitologia. Entre tantas tramas, porém, a sociedade secreta foi subaproveitada e sua presença foi fundamental apenas para levar adiante a história de formação de Batman. Bruce Wayne entrou em conflito direto com os responsáveis pela morte dos seus pais, culminando com a revelação de Ra's al Ghul (Alexander Siddig), da Liga das Sombras e do Poço de Lázaro (mais um elemento que impedirá futuros óbitos na série).

Gotham encontrou uma narrativa à altura quando equiparou seu visual estridente aos roteiros, distanciando da regra do sombrio e realista para criar uma linguagem própria. Apesar de encontrar inspiração em outros meios, a série tem agora uma voz, além da estética. Com seus vilões cativantes e grandiloquentes posicionados e um herói que finalmente começa a mostrar a sua força, a série da origem de Bruce Wayne finalmente começou.

Nota do crítico (Ótimo) críticas de Séries e TV
 

xiu, vc acha que batman nasceu pq a cidade dele e de luz?

Uma bosta, só morre inocentes. Dá a entender que o crime compensa.

Essa foi a melhor temporada disparada... principalmente com o retorno de Jerome que está com um visual incrivel e devia servir de exemplo para o coringa do cinema...

Olha, na boa, que me desculpem os fãs, mas foi MUITO difícil terminar essa temporada. Cada vez mais eu vou ficando de saco cheio das péssimas e forçadas atuações, do roteiro cheio de tramoias e a até mesmo da falta de nexo na hr de se fazer e desfazer alianças. As motivações dos personagens quase nunca fazem sentido, simplesmente não dá pra engolir algumas coisas que aconteceram e foram jogadas na nossa cara. Os únicos personagens de quem eu simpatizo um pouco mais é Bullock, Selina e Alfred, que tem alguma consistência. Ben Mackenzie é forçado demais, e até mesmo Charada e Pinguim, que eu costumava elogiar, perderam a mão pra mim. Duvido que essa série melhore, e não tô nem um pouco animado pra enfrentar mais 22 capítulos disso.

Cara, acho esse série uma bela de uma porcaria. Leve onde precisa ser pesada, pesada onde necessita ser como uma pluma... sem contar a caracterização dos personagens: tudo muito exagerado, muito over... os produtores do show devem decidir se a inspiração será a do seriado dos 60's (aquele com Adam "batusi" West), com toques dos filmes dirigidos por Joel Schumacher, ou um clima mais dark, noir, dos quadrinhos de Kane, Miller, etc, com pitadas das películas feitas por Tim Burton. Do jeito que está parece muito esquizofrênico (mas, quem sabe, essa seja mesmo a intenção - se for, a realização ainda não está satisfatória). Até agora a série não mostrou a que veio... mas vamos assistir à terceira temporada para tirar melhores (ou piores) conclusões.

"a série sempre teve assinatura estética em meio a tantas ofertas vindas dos quadrinhos." essa foi a impressão que ficou comigo quando vi a primeira temporada. Achei o visual da serie diferenciado. E pensava comigo mesmo q se tivesse um roteiro foda, a serie seria foda.

Só volto a assistir a essa série se tiver o Batman tiver verdade. Na quarta temporada poderiam trazer um Bruce Wayne mais velho e focar no início da carreira dele como Batman.

alguns anos até chegar na Netflix...

Pois é concordo, o elenco de Gotham é ótimo mesmo.

Mano Gotham é uma série com um universo paralelo ao do Batman , se você quiser ver a história do Batman tem várias HQ

Estou terminando a segunda temporada, está bem legal.

Mas vamos dar o benefício da dúvida! Estragar a história de Gotham (e do Batman) de novo, depois do que fez um certo diretor de cinema em 95/97 (cujos nome e filmes não vou falar) vai ser muito difícil, pois a lição foi aprendida e o caminho foi cimentado por Nolan em 2005, que salvou o Morcegão nos cinemas, apesar de não agradar a todos, mas a maioria! Hoje a DC/Warner depende mais do Batman, então eles estão desesperados pra mudar isso! Fato.

O Gordon já deveria deixar o bigode crescer e começar a usar óculos na quarta temporada para se aproximar do clássico e futuro Comissário Gordon. Mas o ator é fraco. Em Southland, série policial, ele ficou devendo muito em relação aos colegas de elenco. E durou até muito: 5 temporadas! Não vi The OC, que deveria ser mais a praia dele, tipo 90125 (Barrados no Baile) ou Melrose Place ou Dawson's Creek.

<spoiler>que da hora!

Outro problema, vai ser a idade dos vilões! No futuro, eles serão congelados, rejuvenescidos, trocados por outras versões? E o ator que faz o Bruce, não deveria ser trocado também? Vai demorar demais pra crescer, virar adulto e falar grosso! kkkkkk

Mas, falta muito ainda! Não podem é enrolar 10 temporadas como fez Smallville, que só mostrou o Clark "virar o Superman" nos últimos minutos do último episódio e nem o uniforme ele vestiu: mostraram somente vislumbres e truques de filmagem. Foi uma decepção! Poderiam ter encerrado a história entre a quinta e a sétima temporada, que estaria de bom tamanho.

Pois é, tá melhorando a cada temporada, mas como eu disse lá atrás, na primeira temporada ainda: com exceção dos atores que fazem o Bruce e o Gordon, todo o elenco é muito bom, incluindo os aliados e os vilões e até mesmo os coadjuvantes.

NAO CONCORDO COM TUDO NAO!!! A SERIE ESTÁ BOA SIM, MAS AINDA TEM VARIOS DEFEITOS; COMO A IVY...QUE DO NADA JA SE TORNOU UMA MESTRE EM QUIMICA E JA MANJA TUDO NOS VENENOS.... O GORDON JA TA MAIS PRA BATMAN?!! SUPERPODERES??? MATOU GENTE PRA CARAMBA!!! Q CURRICULO É ESSE DO GORDON??? E O O BRUCE JA INDO FAZER OS TREINAMENTOS??? CALMAEEE....SÓ TEM TAMANHO AINDA....O MLK NEM TEM BARBA AINDA!!!! DEVAGAR!!!! TEM MUITO O QUE ESTUDAR AINDA....E MAIS P FRENTE ELE VAI TER AULAS DE ARTES MARCIAIS PRA DEPOOOOIISSS.... DEPOIS..... TREINAR COM Ra's Al Ghul

gosto muito da série, mas o que me incomoda demais é o Gordon ser fodão e encarar qualquer um. no final desta temporada achei fraco o arco do Bruce, esperava e queria ver mais ele em seu treinamento...foi muito rápido e simples, podiam não ter voltado com ele pra Gotham para que ele passasse a 4 temporada quase toda em treinamento enquanto o clone ficava no lugar e eventualmente morresse dando assim a chance do Bruce voltar na surdina e o Alfred pirar até lá. Tava torcendo muito pra terminar a temporada no caos, com o Gordon sofrendo com o vírus, a Corte dominando a cidade e os vilões nas brigas pessoais ou alianças. Seria um cenário muito legal para que o herói chegasse.

A série demorou a deslanchar, mas agora parece que encontrou um (bom) rumo. Os vilões estão sendo o ponto alto, com destaque para a dobradinha Charada/Pinguim. Já o Gordon continua um pé no saco, com os maneirismos do ator que o interpreta (tão "bom" que eu sempre esqueço o nome). Mas tá melhor que Flash, sem dúvidas.

Acho que o grande diferencial de Gotham em relação a Arrow por exemplo que a série não está nem um pouco preocupada em ser levada a sério. Gordon é praticamente imortal e as situações políticas da cidade são uma piada pronta, longe de ser reais (sim, se o prefeito morre tragam o ex prefeito que está tudo certo)! Já Arrow quer ser real, inteligente e cult. A série criou essa identidade e agora se perde em meio aos metahumanos e magia.

Gotham é sensacional! Atualmente a melhor série de Hq.

Gotham - Review da terceira temporada> http://bit.ly/2r7BTkl

É, realmente as críticas do Omelete não tem uma linha "padrão". Enquanto lemos na crítica de Arrow diversas crítica negativas ao poço de lázaros e seus poucos personagens ressuscitados, por outro lado, no mesmo site, temos quase uma fanfarra pelo poço de lázaros e os poderes miraculosos de Hera Venenosa estarem em Gotham. Sei que são críticas de pessoas distintas, mas que deveria haver ao menos certa "unidade". Normalmente curto as críticas da Natália, mas nem ela me convence dessa série. Sei lá, só se o Gordon virar o Batman e o Bruce o Robin que eu poderia aceitá-la como uma série do morcego. Porque ver toda uma galeria de vilões já criada e implementada antes mesmo do Bruce ter 15 anos é tenso. Alguns fazem sentido, outros nenhum (como o mr. Freeze e o próprio Coringa, que surge desta vez antes do morcego, o que aliás, pelo que ouvi e li, até a Arlequina vai surgir antes do morcego, a que ponto chegamos kkkkkkkkk). Mas enfim, que aqueles que curtem a série se divirtam ;-)

Vou esperar chegar na Netflix

<spoiler>como vcs aprende esses negócio, fez curso?

só perde pro Chapolin

Quem sabe eu assista a 3ª. Nah ... duvido!

isso eu concordo

vou assistir a terceira entao

Slc, os vilões de Gotham são melhores que vários do universo cinematográfico de DC e Marvel

Eu gosto de Gotham e gostei deles terem abraçado várias coisas nessa temporada, mas achei ela inferior a segunda em termos de qualidade.

Vc tem que escrever assim <SP0ILER> seguido da frase que vc quer escrever. OBS:Só que escreve SP0ILER normalmente,com a letra O ao invés do 0.

Temporada foi foda, e gostei dos plots que deixaram no ultimo episodio, da pra esperar que a próxima temporada pode ser tão boa quanto essa foi.

<Spoiler>Sim

Eu acho que Gotham é a série de super herói de TV aberta que tem os melhores atores,pq os caras que fazem o Pinguim,Charada,Chapeleiro,Jerome,Strange,Bullock etc,são muito bons.

<SPOILER>Agora deve ser só amor mesmo já que a Barbara morreu.

Essa temporada começou muito bom, depois caiu muito de produção no meio. Ficou sem foco. Mas maravilhosamente no final da temporada, tiveram aquela surpresa. E fez ser a 2 melhor série de heróis da DC.

Tirando a Barbara,Gotham é só amor!

Discuta aqui no site Discuta aqui

O Omelete disponibiliza este espaço para comentários e discussões dos temas apresentados no site. Por favor respeite e siga nossas regras para participar. Partilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas.

Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

blog comments powered by Disqus